Kurt GOLDSTEIN

Kurt Goldstein (1878-1965), estudou filosofia e medicina na Alemanha. Dedicou-se ao atendimento de pacientes com sequelas neurológicas da Primeira Guerra Mundial. Escreveu no exílio sua primeira e principal obra: A Estrutura do organismo (Der Aufbau des Organismus, 1934), publicado em inglês (The organism, 1939) e reeditado em 1995, com prefácio de Oliver Sacks. Nesta obra, em que propõe a teoria organísmica, considera toda manifestação patológica do homem como pertencente ao conjunto de todo o organismo.

Dedicou-se largamente ao estudo da linguagem, especialmente na obra “Language and language disturbances-Aphasic symptom complexes and their significance for medicine and theory of language” (1948), na qual tratou das dificuldades de linguagem em pacientes com lesões neurológicas. A compreensão dos sintomas afásicos foi dada dentro do conjunto de todo o ser, no contexto da nova condição após lesão cerebral. Os princípios de adaptação desenvolvidos a partir dos pacientes com ferimentos de guerra foram utilizados para compreender também a condição humana sem a presença da lesão neurológica.

Deixe uma resposta